RSS

sábado, 14 de julho de 2012

O poder mágico que as mães carregam


Em tempos idos, o gordipampas-mor magoou-se num dedo. Estava bastante choroso e o pai disse "o pai dá beijinho e passa".

Ficamo-nos por ali.

Cada vez que faz dódói vem ter connosco a dizer "há beijinho".

Ontem, no meio dos carrinhos dele, encontrou um que já só tinha duas rodas.

Muito triste, olha para o carrinho e diz "oh, tagou-se" (estragou-se)

Mãe: Pois é filho, estragou-se. E agora?

Ele, olha pensativo para o carrinho.

Gordipampas: Mãe, há dódói. Beijinho.

Assim é o meu filho mais velho... Acredita nos poderes mágicos e curativos da sua mãe.

Sem comentários:

Enviar um comentário