RSS

segunda-feira, 16 de julho de 2012

Ele há coisas...


Há pouco tempo, escrevi sobre a parte boa que a internet me tem trazido.

Mas também há a parte menos agradável. Aquela em que somos tidos como amigos de conviniência, principalmente quando é para pedir dinheiro.

Tenho descoberto pessoas fantásticas que me acompanham aqui no blog e noutros locais da internet, outros mesmo cá em casa. E tenho levado com algumas surpresas menos agradáveis.

Pessoas más, mal agradecidas, com um feitio (aparente) que não as leva a lado algum.

Algumas dessas pessoas, ajudei, na medida em que pude... .

E ponho-me a pensar... É uma pena, ou um monte de penas, que as pessoas assim sejam.

É-me inconcebível receber qualquer tipo de ajuda e não agradecer a mesma. Quem ajuda não tem qualquer obrigação para connosco, mas nós devemos gratidão e agradecimento a quem disponibiliza o seu tempo, espaço e preocupação connosco.

É ainda pior quando refugiam e mascaram uma má índole que acaba por ser revelada, usando aquilo a que uns apelidam de mau feitio e outros de mania-dos-coitadinhos...

Questiono-me, se estas pessoas serão assim, sem ser através dos blogs e coisas que tais...

Só desejo que consigam dormir bem e que um dia o karma lhes bata à porta. Acaba sempre por bater.

Sem comentários:

Enviar um comentário