RSS

sexta-feira, 1 de junho de 2012

A mania de escrever

Faz tempo que tenho o blog, perto de três anos.

 Foi criado durante a gravidez do Henrique, em seguimento de muitas sugestões para tal. Nunca antes, havia criado um blog nem tão pouco fazia ideia de como funcionavam estas coisas. Mas passei tanto tempo em casa, sozinha, que alguma coisa havia de ser feita.

Não sabendo muito bem como funcionam estas coisas, decidi só fazer uma compilação com os textos que fui escrevendo, aqueles que me levam às exposições, não sendo participativa em comentários com afinco, noutros blogues. Era só uma maneira de divulgar o meu trabalho criativo na escrita e de partilhar textos de outros autores de que gosto. Acontece que com as alterações que têm existido no blogspot, descobri que tenho imensas visitas. Bem mais do que aquelas que alguma vez pensei ter. Há pessoas a lerem o que escrevo até na Rússia - tenho 10 visualizações nesse país.

Assim, como a escrita não me deixa nem eu a ela, vou passar a escrever mais coisas. Publicar mais, participar mais, tudo mais. Os textos criativos manter-se-ão, mas hão-de começar a aparecer textos com outras linhas de criatividade e outros nada espantosos.

E eu tenho (sempre) tanta coisa para dizer e para reclamar. Comecemos, então, esta nova época do murmúrio infinito. A era da (possível) expansão. Obrigada a quem tem lido o que vou escrevendo e tem comentado.

 Zembora que só hão-de trazer coisas boas, estas novas partilhas.

É que esta mania de escrever, escrever e voltar a escrever não me larga.

2 comentários:

Rafaela disse...

Olá. achei o teu blog giro e gostei da forma como escreves. Tenho o meu blog há quase um ano e é bastante interessante receber visitas de paises que nem sei ler o nome!!

Sofia disse...

Obrigada, Rafaela ;)

Ainda não cheguei a esse patamar de ter países que não consigo pronunciar o nome. Espero lá chegar!

Enviar um comentário