RSS

domingo, 7 de fevereiro de 2010

Palavritas (palavras escritas)



Palavras escritas. Para que servem elas?
Acabam sempre por ser esquecidas mais tarde ou mais cedo, ou podem nem sequer ser lidas por quem as devia ler...
Palavras escritas... são para mim um desabafo...
Palavras escritas... estas e as outras e as que ainda estão para vir, podem não te dizer nada. Podem até não te causar sensação nenhuma porque são as Minhas palavras. Mas a mim... causam-me todo e qualquer sentimento. Eu e elas percebemo-nos!
Ri-te, podes rir. Podes pensar como é que eu e as palavras nos percebemos, mas... nem eu sei. Apenas sei que quando rio elas vêm ter comigo...
Quando choro, eu vou ter com elas...
Não sei!
As palavras nunca me recusaram um encontro, vieram sempre ter comigo! Até quando não as chamo, elas estão presentes. São boas ouvintes e conselheiras.
Quantas e quantas lágrimas já caíram dos meus olhos e apenas as palavras perceberam?
Elas estão sempre aqui... comigo!
Vivemos juntas há muito tempo. Já passámos muita coisa, as duas.
Tentei deixar o Mundo terreno uma vez... e até dessa vez, as palavras escritas estavam comigo. Foi com elas que disse Adeus a este Mundo, mas... apenas eu e elas sabemos quais são as companheiras deste Adeus, que só eu li, só eu escrevi e só eu senti. Com este Adeus e com o passar do tempo apenas as Minhas palavras sabem quem realmente sou e tudo o que sinto.
Palavras escritas...
Ri-te! Ri-te novamente! Não me importo que o faças!
Julga-me louca se quiseres! Pensa o que quiseres de mim, eu não quero saber!
Eu e as palavras somos uma só!
E tu? Tu andas sozinho no Mundo! SOZINHO!
Só quando perceberes o quão bela é a minha relação com as palavras é que vais perceber quem realmente sou...
Palavra escritas... será que te disseram alguma coisa agora?

1 comentário:

Carla disse...

Oi,
Vi o link do teu blog no fórum de Mãe para Mãe e vim espreitar, gostei muito das tuas palavras!
bjs

Enviar um comentário